Por favor, espere...

Tratamento
Implantodontia

Afinal, o que é a implantodontia?

A implantodontia é o nome da especialidade odontológica que visa personalizar um conjunto de técnicas empregadas para implantar ou reimplantar dentes utilizando o implante ósseo integrado. Esse dispositivo é posicionado cirurgicamente no osso da mandíbula ou maxila onde serão, após alguns meses ou até horas, local para receber a prótese fixa sobre esse dispositivo de titânio. É válido falar que essa prótese é feita sobre o próprio suporte e, quando indicada, é ideal para repor dentes perdidos.

Como funcionam os implantes dentários?

O processo consiste em instalar uma pequena peça feita com titânio no osso, particularmente, onde havia um dente antigamente. Depois que o implante já foi realizado, é importante esperar a integração ao osso acontecer. Nesse tempo, é normal utilizar uma coroa provisória para evitar a perda do espaço e já dimensionar como será o dente de cerâmica sobre o implante.

Passado o período determinado, os dentes artificiais de material mais resistente são colocados ou parafusados sobre o implante. Eles podem ser encaixados individualmente ou agrupados em dois tipos de próteses principais. São elas:

  • a overdenture: bastante similar às próteses removíveis naturais, porém mais estável, essa prótese é feita com resina, necessita apenas de 2 a 6 implantes e pode ser removida pelo próprio paciente.

  • a protocolo: feita de porcelana ou de resina, que é fixada com 4 a 8 implantes e que é parafusada, podendo ser retirada somente pelo dentista.

Em quais casos o procedimento é indicado?

O procedimento pode ser realizado por pessoas que buscam recuperar os dentes perdidos, e, desde que haja as condições para a correta indicação, estão correlacionados a um sorriso mais bonito e saudável. Além disso, quando indicado, pode ser um tratamento ideal para substituir pontes, dentaduras e roaches (prótese parcial removível).

No entanto, é muito importante mencionar que o paciente deve ter gengivas saudáveis e, preferencialmente, ter ossos adequados para sustentar o suporte. Caso a pessoa sofra com problemas ósseos, como a deficiência na quantidade de ossos para o processo, é possível consultar um dentista, realizar um enxerto e criar uma base para a anexação das estruturas, contudo, o procedimento pode variar de paciente para paciente.

Existe contraindicação?

Em geral, existem contraindicações para pacientes que não controlaram as seguintes doenças:

  • diabetes;

  • tabagismo;

  • tuberculose;

  • doenças do sistema nervoso central;

  • hipertonia dos músculos da mastigação;

  • hipertensão;

  • doenças do coração; e

  • estomatite e outras doenças da cavidade oral.

Além disso, se a pessoa for identificada com inflamação de tecidos e gengiva, má higiene bucal e presença de cárie, principalmente próximo ao local pretendido para o tratamento, ela deve tratar antes de iniciar o processo.

Vale citar que a ida em um dentista de confiança é indispensável para aumentar as chances de sucesso, tudo bem?

Pronto! Agora que você já sabe o que é a implantodontia, como ela ocorre e em quais situações ela é indicada, não perca tempo e consulte o seu dentista, analisando as condições e verificando se você é, ou não, um candidato para o tratamento. Não se esqueça de que é uma maneira de garantir a sua saúde bucal e um sorriso muito mais bonito. Aproveite!

Entre em Contato agora

Agende uma consulta Preencha o formulário abaixo e que entraremos em contato.

Outros Tratamentos

Tratamento de Canal

Tratamento de Canal

Muita gente tem medo de ir ao dentista fazer uma consulta de rotina. Mas...

Ver Mais
Day Clinic

Day Clinic

Nosso diferencial A maioria dos tratamentos dentários podem ser...

Ver Mais
Clareamento Dentário

Clareamento Dentário

O que é o clareamento dental? Dentes brancos proporcionam autoconfiança...

Ver Mais
Precisa de ajuda? Fale conosco
Siga-nos no Instagram